EDP Live Bands

Fomos apurados para a segunda fase!!!

Obrigado a todos os que votaram em nós, agora só vos pedimos para votar novamente, porque fomos apurados para a segunda fase do concurso!!!

A boa música é para ser ouvida. Está na altura de sairmos da garagem e deixarmos de tocar para as paredes, o EDP LIVE BANDS está de volta com mais uma edição para nos ajudar a dar o salto para o palco dos maiores festivais de música.


Para vencermos, temos de provar ao júri do EDP Live Bands que temos o talento e a garra necessários para tocar no NOS Alive, em Portugal, e no Mad Cool Festival, em Madrid, Espanha. Além de podermos atuar nestes dois festivais, ainda poderemos gravar com a Sony Music um álbum de originais.

Todas as bandas apuradas para a final participam num workshop com reputados especialistas da indústria musical. Uma oportunidade única para partilharmos experiências e conselhos sobre como fazer carreira no competitivo mundo artístico.


Este concurso nasceu em Portugal em 2014, com os Caelum’s Edge a vencerem a edição de estreia do EDP Live Bands. Na 2a edição, o prémio foi para os Cavaliers of Fun, tendo sido atribuída uma menção honrosa ao músico Daniel Kemish e ainda uma participação especial no NOS Alive’15. Em 2016, foi a vez dos Them Flying Monkeys provarem o seu talento e lançar o seu 1o álbum de originais com a Sony Music. Já no ano passado, os Plastic People arrecadaram a preferência do público e do júri do concurso e tornaram-se os grandes vencedores da edição de 2017 do EDP Live Bands.

Como temos a ambição de crescer e poder divulgar a nossa música, contamos contigo para que nos apoies, clica em votar e vota em nós, podes fazer login com o Facebook ou por email.

 

 

Em quatro edições, o EDP Live Bands Portugal contabiliza já mais de 1200 bandas participantes. Em 2016, o concurso chegou pela primeira vez ao Brasil, com enorme sucesso.

Através deste concurso e do apoio a variados eventos de música, a EDP continua a posicionar-se como a energia oficial da música, dentro e fora de Portugal.

Not.The.Same